NOVIDADE EXCLUSIVA PARA AUDIODESCRIÇÃO EM MUSEUS E EXPOSIÇÕES DE ARTE

fotografia de uma garota em uma exposição de arte. Ela segura o celular em frente aos olhos e o direciona para um quadro, exposto na parede.
Exposição com Audiodescrição através de Realidade Aumentada

Já imaginou uma exposição de arte acessível em que basta o visitante com deficiência visual  apontar o celular para obra para ouvir a sua audiodescrição?

Parece bom demais para ser verdade, né? Mas isso é real e nós, do Cinema Cego, somos os pioneiros no Brasil a oferecer essa tecnologia acessível.

A partir de agora, Museus e Exposições de Arte podem contar com esse recurso totalmente inovador e levar a experiência dos usuários a outro nível, muito mais simples e fácil de usar.

Com esse novo recurso, que utiliza a tecnologia de Realidade Aumentada, o acesso a audiodescrição das obras em exposição ficou ainda mais fácil para os usuários cegos. Bastando apenas apontar o celular, conectado à internet, para a própria obra para ouvir a audiodescrição.

Diferentemente do QRCode de audiodescrição, que exige que o usuário localize o código através do toque (é por isso que as bordas devem ter em alto relevo), com essa tecnologia, não é preciso tocar em nada. Basta posicionar-se em frente a obra exposta e apontar o celular para fazer a leitura. Simples assim!

Por aqui, seguimos firmes com o nosso propósito de democratizar o acesso a audiodescrição para todos aqueles que dela necessitam.

Exatamente como disse a brilhante Mary Hadabaugh:

“Para as pessoas sem deficiência, a tecnologia torna as coisas mais fáceis. Para as pessoas com deficiência, a tecnologia torna as coisas possíveis!”