QR Code no Mercado da Moda

As roupas são uma das necessidades mais básicas de nossas vidas mas, para muitos, comprá-las ou vesti-las, é um desafio diário.

Hoje, as marcas de moda inclusivas e sustentáveis foram além dos tamanhos inclusivos para oferecer maior diversidade em seus modelos, design e produtos.

Nessa busca de oferecer experiências personalizadas aos consumidores, cada vez mais exigentes, uma ferramenta digital que caiu no gosto das grandes marcas é o QRCode.

Acho que todo mundo já percebeu que os QRCodes são a bola da vez, né? Através desses códigos de leitura rápida é possível fazer pagamentos, acessar detalhes de uma peça de roupa, como tamanho, cor e estampas (essencial às pessoas cegas) e também para acessar promoções exclusivas. Levando a experiência de compra para um outro nível, transformando clientes esporádicos em verdadeiros fãs da marca.

Marcas líderes como Ralph Lauren e Puma já fizeram avanços inovadores na adoção de estratégias, estabelecendo uma referência competitiva para empresas de vestuário que desejam turbinar o faturamento.

Ao digitalizar etiquetas interativas nas roupas com seus smartphones, os consumidores podem acessar experiências contextualizadas, bem como dados de sustentabilidade e informações sobre o produto, aprofundando a conexão entre consumidor e marca.

Dê aos consumidores as informações e as vantagens que eles desejam

A Red Valentino, linha voltada para jovens, utilizou QRCodes para atrair potenciais clientes, oferecendo um desconto de 10% na compra de seus produtos.

A Lacoste, encheu suas vitrines com Qrcodes. Os clientes que os digitalizaram (mesmo quando as lojas estavam fechadas) puderam usufruir de um desconto de 15%.

Rastreabilidade e Autenticidade

A Ralph Lauren é a primeira marca de vestuário do mundo a garantir a rastreabilidade e autenticidade de cada item através de um QRCode. Ao digitalizar o código, os consumidores podem checar a autenticidade da peça.

Essa líder global de moda e vestuário conectou todo o seu portfólio de produtos à Web. Através da inteligência de dados, todo produto fabricado recebe uma identidade digital que possibilita rastrear o produto, em tempo real, durante toda a sua jornada, desde a fabricação, passando pelo cliente final, até a recompra.

A Diesel também utiliza QRCode para proteger sua marca de falsificadores. Ao digitar o código incorporado às peças, o consumidor pode verificar a a autenticidade do produto antes de comprá-lo. A etiqueta com o QRCode é colada no cós das calças jeans.

etiqueta da diesel com qrcode para verificação de autenticidade.

A PUMA disponibilizou em sua principal loja, em Nova York, experiências digitais interativas através da digitalização de seus produtos.

Dessa forma, os produtos se tornam um novo canal de marketing, comércio eletrônico e comunicação da marca, apresentando novas maneiras de envolver os consumidores antes, durante e depois à compra.

Com a utilização dos QRCodes dinâmicos (que ao serem lidos pelo celular, abrem uma página da internet), é possível atualizar informações sobre seus produtos remotamente.

Maior envolvimento com a marca

A Rochambeau, marca de roupas de Nova York, criou uma jaqueta inteligente que oferece aos consumidores acesso exclusivo à experiências gastronômicas e artísticas, além de acesso VIP a eventos badalados e desfiles de moda. A manga esquerda dessa jaqueta inteligente possui um bolso com zíper oculto contendo uma etiqueta de edição limitada com um chip NFC e um QRCode personalizados.

A tecnologia QRCode é versátil e apresenta inúmeras possibilidades de utilização.

Ferramenta de Acessibilidade

As facilidades e benefícios na utilização dessa tecnologia digital não param por aí. Os QRCodes também podem ser utilizados como ferramentas de acessibilidade para pessoas com deficiência visual.

Com o QRCode de Audiodescrição (ADCODE) impresso nas etiquetas das peças, é possível ter acesso às informações de modelo, tamanho, cor, composição do tecido e quaisquer outras informações relevantes, que possibilitem que pessoas cegas tenham mais autonomia no processo de escolha das roupas que vai usar.

Confira no áudio abaixo uma sugestão de como a a audiodescrição de uma peça de roupa pode ser realizada de forma criativa e envolvente, que destaca as principais características do produto.

Para oferecer uma ótima experiência também no pós-compra, e garantir que o consumidor cego continue usufruindo da autonomia de escolher a roupa que vai escolher no armário de casa (sem precisar da ajuda de outra pessoa), é aconselhável que esse ADCODE seja disponibilizado impresso na própria peça (na etiqueta de composição, – bordado na barra ou manga das camisetas – ou estampado na parte de trás do pescoço) para possibilitar que o consumidor cego possa fazer essa leitura em sua vida diária, identificando, assim, os detalhes das roupas que usa no cotidiano. Esse é o nível de autonomia que toda pessoa cega merece!

Muito mais que um produto, experiência!

A Nike utiliza QRCode na loja para dar aos membros do Nike Plus, com o aplicativo da Nike, uma experiência verdadeiramente única. Os consumidores podem escanear os códigos que estão nas roupas dos manequins para solicitar que os atendentes da loja levem a peça, no tamanho e cor escolhidos pelo cliente, ao provador.

Como você pôde perceber, o QRCode é uma excelente aposta para investir imediatamente na sua marca. Planeje bem suas estratégias, seja inclusivo e use-o sem moderação!